Saci e entidade assistencial doam roupas à aldeia indígena Tabaçu

Integrantes da Sociedade de Apoio à Causa Indígena (Saci) e da Instituição Assistencial Dias da Cruz, de Campinas, realizaram uma doação de roupas às famílias da aldeia indígena Tabaçu, localizada em Peruíbe. O objetivo foi colaborar com a doação de roupas às famílias da comunidade indígena, e ainda conhecer os costumes e tradições dos indígenas. No total foram doadas 184 peças, entre roupas de crianças e de adultos, masculino e feminino, além de travesseiros.

O presidente da Saci Ricardo Henrique da Silva explicou que a doação da entidade foi feita por meio da intermediação do vice-presidente Marcio Zwarg e sua esposa Edna Muniz que fizeram um contato com a funcionária da instituição Marcia Muniz, em Campinas.

Marcio Zwarg esclareceu que a Saci ainda está no início, com um ano de fundação, mas que a ideia é dar apoio em algumas ações das comunidades indígenas da região.

Na opinião da funcionária da instituição, Marcia Muniz, a visita à aldeia valeu a pena, já que teve a oportunidade de conhecer de perto os costumes e o modo de vida dos indígenas e ainda fazer a doação das peças de roupas por meio da entidade.

A líder da aldeia Tabaçu Itamirim agradeceu à doação e afirmou que é muito importante para as famílias. “Nós precisamos usar as roupas para se apresentar em alguns eventos culturais, em feiras e palestras realizadas nas cidades do litoral sul”, frisou.

Itamirim também explicou que a doação de alimentos é uma das mais necessárias ao dia a dia da comunidade indígena. Entre os alimentos estão arroz, feijão, óleo, café, entre outros, e ainda que são divididos com outras aldeias próximas.

Segundo ela, a aldeia também trabalha com a reeducação alimentar junto às crianças na escola. “Na escola, nós explicamos o que é melhor para a saúde e como se alimentar de forma mais saudável”, destacou. Atualmente, as famílias cultivam na roça somente mandioca, melancia e algumas hortaliças, já que a terra não é boa para o plantio.

A aldeia Tabaçu conta, hoje, com nove famílias e 22 crianças, e ainda uma escola de Ensino Fundamental, onde lecionam três professores.

Cerimônia – Um dos eventos programados pela comunidade indígena é a Cerimônia do Fogo Sagrado que acontece nos dias 11 e 12 de agosto. Na programação haverá apresentação de jogos tradicionais, de atividades culturais, de artesanato indígena e de comidas típicas.

O evento, que será realizado em conjunto com outras aldeias, será aberto ao público.   

Turismo de base comunitária – Itamirim também contou que a aldeia está trabalhando com um projeto de Turismo de Base Comunitária, em parceria com os alunos da Etec de Peruíbe, com o objetivo de fortalecer e divulgar os costumes indígenas aos estudantes e turistas.

As visitas podem ser feitas por grupos de até 20 pessoas (estudantes ou turistas), de segunda a sábado, por meio de um pré-agendamento. O valor cobrado é de R$ 50,00 por pessoas, o dia inteiro incluindo o almoço, ou de R$ 30,00, meio período, incluindo um pique-nique coletivo. Os agendamentos podem ser feitos com a Regiane ou diretamente com a Itamirim, pelo Whatsaap 13 99658.4168.

Instituição Dias da Cruz – A Instituição Assistencial Dias da Cruz é uma associação civil, sem fins lucrativos e de inspiração espírita, e que presta serviços sociais à comunidade do Jardim Eulina, em Campinas. Entre os projetos desenvolvidos estão saúde, educação, cultura, bem-estar, formação profissional e inclusão social.

Atualmente, a entidade atende 82 crianças na creche, 270 jovens e adultos no centro de convivência, além de cerca de 300 pessoas ao mês no ambulatório por meio de medicina alternativa. E ainda fornece um sopão aos moradores de rua uma vez ao mês.

 


Texto – Nayara Martins
Fotos – Roseli Fernandes, Marcio Zwarg e Nayara Martins

Updated: 09/07/2018 — 8:39 pm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SACI - Sociedade de Apoio à Causa Indígena © 2018 - Desenvolvido por: Francesco Antonio Picciolo - Hard Design Web Frontier Theme