Reunião com representantes da prefeitura, da Saci e do Gremar discute espaço da CMTECE

Integrantes da Sociedade de Apoio à Causa Indígena (Saci) se reuniram com os representantes das secretarias municipais da Educação e de Meio Ambiente, e também do Gremar, na manhã de quarta-feira, 22 de agosto, na CMTECE. O objetivo foi discutir sobre a exploração do espaço do bosque na CMTECE.

O vice-presidente da Saci, Marcio Zwarg, explicou que o objetivo da entidade é desenvolver um trabalho em parceria com o Gremar e o Instituto Ernesto Zwarg (IEZ), voltado à educação ambiental no espaço do bosque, localizado na área da CMTECE.

O objetivo da Saci, inicialmente, seria desenvolver um projeto de educação ambiental com a preservação da mata. Entre as principais propostas destacam-se desenvolver uma trilha ecológica, um museu indígena e cultural, exposições, oficinas e a construção de uma oca no final da trilha. Outra sugestão é de realizar atividades em algumas datas comemorativas, como do Meio Ambiente, do Dia do Índio, e o espaço seria aberto ao público nos finais de semana.

O representante do Gremar, Tiago, explicou que há interesse da entidade – que já trabalha com o resgate e a reabilitação de animais marinhos, em realizar um trabalho de campo na área da educação ambiental com os alunos das escolas da rede municipal. A proposta também seria desenvolvida em parceria com a Saci e o IEZ.

Joana Scholtes, representante da Saci, esclareceu que existe a possibilidade da captação de recursos junto a um doador para investimentos no espaço. Porém, segundo ela, isso dependerá de qual o objetivo do projeto e ainda de uma garantia de uso por parte das entidades.

Marcio sugeriu também que o local receba o nome do ambientalista Ernesto Zwarg, como já havia sido prometido pela prefeitura anteriormente, e poderia ser chamado de “Espaço de Educação Ambiental Ernesto Zwarg”.

O secretário municipal da Educação, Cultura e Esportes, Douglas Luiz Rodrigues, esclareceu que já existe um projeto na secretaria da Educação para desenvolver uma trilha ecológica no local. Segundo o secretário, é necessário verificar a possibilidade de permissão de uso do espaço, já que a prefeitura possui a posse daquela área, mas não a titularidade. O objetivo é firmar uma parceria com as entidades para a ocupação legal do espaço.

Ao final da reunião ficou decidido que a prefeitura e a câmara irão estudar os projetos arquitetônicos e técnicos e, ainda, como solucionar a questão fundiária do espaço. Já as três entidades do município e a secretaria de Meio Ambiente deverão se reunir novamente para discutir as propostas a serem desenvolvidas no local.

Participaram da reunião o secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Ruy Santos, o secretário de Educação, Douglas Luiz Rodrigues, e representantes das secretarias. Os integrantes da Saci, Ricardo Henrique da Silva (presidente), Marcio Zwarg (vice-presidente), Roseli Fernandes da Silva (tesoureira), Joana Scholtes (Conselho Fiscal), Nayara Martins (secretária de Comunicação). E ainda Marcus Ferreira, representante do IEZ; Tiago, representante do Gremar e o vereador Wilson Oliveira que intermediou a reunião.

 

Texto – Nayara Martins
Fotos – Roseli Fernandes 

Updated: 22/08/2018 — 9:09 pm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SACI - Sociedade de Apoio à Causa Indígena © 2018 - Desenvolvido por: Francesco Antonio Picciolo - Hard Design Web Frontier Theme