Indígenas saem em passeata pela defesa dos direitos em Itanhaém

Indígenas acampados na sede da Funai, em Itanhaém, saíram em passeata na tarde desta quinta-feira, 5, em direção ao Centro. Com faixas “Retomada não é invasão! Demarcação já! Os povos indígenas exigem respeito aos seus direitos constitucionais” e “Existimos, resistimos e persistimos” eles deram o recado à população.

O objetivo é informar a população da cidade sobre a ocupação dos indígenas na sede da Funai contra a exoneração do coordenador regional Cristiano Hutter. E também pela garantia do direito às demarcações das terras indígenas.

Hoje já são 280 indígenas que estão ocupando a sede da Funai, de toda a região da Baixada Santista e litoral sul, e do Vale do Ribeira.

A líder Catarina Delfina dos Santos, da aldeia Tapirema, localizada na Terra Indígena Piaçaguera, em Peruíbe, afirma que eles já estão há cerca de dez dias na Funai, mas ainda não tiveram uma resposta da presidência do orgão às reivindicações.

“Estamos reivindicando os nossos direitos e o governo não está respeitando as leis. A presidência da Funai exonerou o coordenador regional Cristiano Hutter, da Funai, sem ao menos nos comunicar”, salientou.

Segundo ela, eles foram informados que quem irá ocupar o lugar de Hutter será um militar, nomeado pelo governo federal. E que não conhece a realidade e nem os problemas das comunidades indígenas da região. “Gostaríamos que ocupasse a coordenadoria regional uma pessoa que já conhecesse as aldeias indígenas da região, para dar continuidade aos trabalhos.

Outra reivindicação é sobre a demarcação das terras. “Soubemos que a presidência da Funai pretende retirar o trabalho dos funcionários da Funai de terras indígenas ainda não demarcadas ou em processo de demarcação”, esclareceu.

“Queremos dizer que estamos aqui e lutamos pela a demarcação das terras indígenas. A terra é a nossa mãe e é quem vai dar o sustento aos nossos filhos e netos”, completou Catarina.

A Sociedade de Apoio à Causa Indígena (Saci) fez a doação de um banner para a passeata. A arte foi realizada pelo web-designer Francesco Picciolo e as fotos foram cedidas por Marco da Ciclotur Ita.

Doações – Quem puder colaborar com as famílias indígenas podem fazer doações de qualquer tipo de alimento na sede da Funai, localizada na avenida Condessa de Vimieiros nº 700, no centro de Itanhaém.

 

Texto: Nayara Martins

Fotos: Nayara Martins, Roseli Fernandes e Ricardo Henrique da Silva

 

Updated: 06/12/2019 — 1:20 am

1 Comentário

Publicar Comentário
  1. Todo apoio à causa indígena.
    Força e resistência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SACI - Sociedade de Apoio à Causa Indígena © 2018 - Desenvolvido por: Francesco Antonio Picciolo - Hard Design Web Frontier Theme