Categoria: Yaka Mirim

Saci entrega sacolinhas de Natal e alimentos à aldeia Yaka Mirim

A Sociedade de Apoio à Causa Indígena (Saci) fez a entrega na manhã de domingo, 19, de sacolinhas de Natal às crianças da comunidade indígena Yaka Mirim, localizada no Jardim Coronel. Foram doadas no total 29 sacolinhas com roupas e calçados aos meninos e meninas da comunidade.

A Saci agradece a todos que apadrinharam as crianças indígenas da comunidade Yaka Mirim. O cacique Ricardo da Silva Paulo ficou bastante agradecido. “Essa ação tornou o Natal das crianças imensamente mais feliz, já que muitas crianças nem iriam receber presentes”.

Foram doados também alimentos às famílias indígenas – 10 quilos de sal e 86 quilos de alimentos variados, como farinha de mandioca, macarrão, feijão, farofa, entre outros. Todos os alimentos foram doados pela Instituição Dias da Cruz, de Campinas.

O cacique explica que a comunidade indígena está no local há cerca de dois anos. “A Funai já está realizando o cadastro das famílias que estão morando aqui. No total são 23 famílias e 100 crianças”.

Ricardo, que é pastor evangélico, desenvolve o projeto “Missões Indígenas”, com o objetivo de evangelizar os indígenas na comunidade e nas aldeias da região. “Tenho feito um trabalho de evangelização nas comunidades da região e obtido bons resultados”, salienta.

Segundo ele, a partir de 2022, após a conclusão do cadastro feito pela Funai, a aldeia será reconhecida e eles poderão contar com uma escola para as crianças e os jovens, além de as famílias também poderem ser atendidas pela Secretaria de Saúde Indígena (Sesai).

Entre outros planos para abril de 2022, o cacique pretende organizar um evento cultural com as danças e a divulgação da cultura indígena às crianças das escolas municipais. E ainda organizar uma trilha ecológica na mata e montar uma horta comunitária com a participação das famílias.

A comunidade indígena conta com 23 famílias e 100 crianças, e fica localizada no Jardim Coronel, na zona rural de Itanhaém.

 

Texto: Nayara Martins
Fotos: Jaqueline Fernandes da Silva

Saci doa roupas, cobertores e brinquedos às comunidades indígenas em Itanhaém

A Sociedade de Apoio à Causa Indígena (Saci) fez a doação de roupas e cobertores para duas comunidades indígenas, nesta quarta e quinta-feira, dias 28 e 29 de julho. As entregas foram feitas pela presidente da Saci, Roseli Fernandes e o tesoureiro Ricardo Henrique da Silva.

O objetivo, conforme a presidente Roseli, é procurar atender e colaborar com as famílias indígenas para que eles possam ter agasalhos neste período de inverno.

Na primeira aldeia Yaka Mirim, localizada no Jardim Coronel, em Itanhaém, o cacique Ricardo da Silva Paulo agradeceu a visita e as doações feitas pela Saci.

A comunidade indígena, que já está no local há 18 anos, conta com cinco famílias e outras 17 espalhadas nas proximidades.

Entre os projetos a serem desenvolvidos, a comunidade pretende trabalhar com as crianças de escolas públicas, como promover as visitas nas trilhas da mata e ainda realizar a apresentação de danças típicas.

Apesar de a aldeia já estar reconhecida pela Funai, segundo o cacique Ricardo, ainda não saiu a documentação da terra indígena.

Nhamandu Ouá

Já na quinta-feira (29), a presidente da Saci Roseli Fernandes e o tesoureiro Ricardo Henrique da Silva foram novamente entregar roupas, cobertores e brinquedos à comunidade indígena Nhamandu Ouá, localizada no bairro Jardim Anchieta, em Itanhaém.

A cacique Elena da Silva agradeceu todas as doações feitas pelos integrantes da Saci.

A comunidade tem quatro anos de existência e sobrevive com a venda de artesanato e de bromélias, espécies nativas da Mata Atlântica.

No local, atualmente, moram oito famílias da etnia Guarani.

Texto – Nayara Martins

Fotos – Roseli Fernandes

SACI - Sociedade de Apoio à Causa Indígena © 2018 - Desenvolvido por: Francesco Antonio Picciolo - Hard Design Web Frontier Theme